MPT e Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora de Joaçaba implementam ações do Abril Verde

Joaçaba - A Procuradoria do Trabalho no Município de Joaçaba (PTM) passou a integrar este ano a Comissão Intersetorial em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora de Joaçaba (CISTT), instituída pelo Conselho de Saúde do Município, composta por diversos segmentos da sociedade civil organizada (SESI/FIESC, UNOESC, OAB, Justiça do Trabalho, entidades sindicais, dentre outros). A Comissão, assim como o MPT em âmbito nacional, vem implementando ações alusivas ao Abril Verde para prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Imprimir

A cada três dias um trabalhador morre em Santa Catarina

Dados do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalhador marcam o lançamento do Abril Verde no estado

Florianópolis –  Santa Catarina ocupa a segunda posição em gastos previdenciários com pagamentos de benefícios devido a afastamentos por doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. O valor acumulado de 2012 a 2017 é de R$ 1.375.577.561,77, ou seja, 9,8% do total nacional. O estado também é o segundo no ranking de dias de trabalho perdidos pela mesma causa: 30,7 milhões.  Entre as 100 cidades brasileiras com mais afastamentos acidentários, dez são catarinenses. Somente no ano passado, 118 trabalhadores do estado morreram vítimas de acidente laboral. A média é de uma morte a cada três dias.

Imprimir

JBS firma acordo com MPT sobre ritmo de trabalho em frigoríficos de frango

O termo de compromisso beneficia cerca de 50.000 trabalhadores da empresa

Florianópolis – As empresas de processamento de frango da JBS- SEARA Alimentos Ltda, JBS Aves Ltda, Agrícola Jandele e Seara Alimentos Norte Ltda- firmaram Termo de Ajuste de Conduta de âmbito nacional com o Ministério Público do Trabalho (MPT), sobre o ritmo de trabalho em todas as unidades de abate e processamento de frangos do país.

Imprimir

Abril Verde: MPT lança série de vídeos para alertar sobre acidentes de trabalho

Em Santa Catarina o Abril Verde será lançado em uma coletiva com todas as instituições ligadas à saúde e prevenção dos Trabalhadores

Florianópolis - “Trabalhadora tem perna amputada por falta de equipamento de proteção coletiva”, “Operário cai de prédio, perde a capacidade de trabalhar e é aposentado por invalidez” ou “Falta de organização em obra resulta em acidente grave” são apenas alguns dos casos de acidentes de trabalho divulgados diariamente pela imprensa ou nas redes sociais. Na busca de prevenção e conscientização de empregadores e trabalhadores por melhores condições de trabalho e de saúde do trabalhador, o Ministério Público do Trabalho (MPT) lança hoje (26/03), a série “Não vire manchete!”, na página oficial do MPT no facebook (@mpt.br). Serão cinco vídeos, lançados uma vez por semana, contemplando todo o mês de abril.

Imprimir